InicioVoltar para a Primeira Página Imprima Favoritos Freed Formulário de Contatos Twitter Formulário de Contatos AndroidFormulário de Contatos Facebook Formulário de Contatos Hd Virtual Formulário de Contatos Youtube Formulário de Contatos Word Press Formulário de Contatos Google Plus Formulário de Contatos Desenvolvedores MSDN



A Construção da Ponte Rio Niteroi



 A PONTE RIO-NITERÓI era a 7.ª maior do Mundo até recentemente quando foi inaugurada na China, a maior Ponte do Mundo, passando esta a ser a 8.ª maior com extensão de 13.754 metros, possuindo vigas de extensão de até 90 metros apoiados sobre os pilares da Ponte, tendo-se 1152 vigas de concreto protendidas e protensão mediante 43.000 cabos de aço.

    É a maior estrutura em concreto protendido do mundo. Possui também esta Ponte , no vão central, estrutura de aço, representada por duas vigas de aço que formam um caixão ortotrópico com vão livre de 300 metros de extensão, por sinal o maior do mundo em extensão apoiadas sobre pilares, vão central este utilizado como canal de navegação dos barcos e navios. Sua construção iniciou-se em 1.970 terminando em 1.975, custou à época 400.000 milhões de dólares - hoje atualizado seria 2.5 bilhões de dólares, na ocasião em que era Ministro dos Transportes MARIO ANDREAZZA.

    Importante se destaque que durante o tempo de construção só houve 9(nove) óbitos, curiosamente, não por causa da construção e sim, por causa da borrasca (vento fortes que aliado ao temporal que deixou o mar revolto [ondas muito fortes], que fustigou um barco que levava pessoal para a obra, figurando entre as vítimas um Eng.º civil.

     A altura da Ponte é de 72 metros, altura esta limitada por causa de exigência da Marinha e Aeronáutica e altura máxima das demarcações. Possui a estrutura de concreto e aço da Ponte um sistema de amortecimento criado por engenheiros da COPPE, por meio de Molas que obedecem a Lei de HOOK e quais absorvem a energia decorrente de vibrações (movimentos de carros e ventos) e assim a Ponte que antes chegava a balançar verticalmente 1, 00 mt ( 0,50 cm para cima e 0,50 cm para baixo ) hoje é reduzido para + 2 cm e -2 cm . Transitam hoje por esta ponte, 140.000 veículos/dia, encurtando a distancia de 140 km (que antes se era obrigado a percorrer entre Rio- Niterói).


09/02/1971 Rodolpho Machado
    O custo de pedágio de R$ 3,50, só de ida [não se paga na volta], preço irrisório se comparado aos Países da Europa Áustria/Itália 8 euros cada passagem ; Japão (Ponte em Kobe) 25 U$ cada passagem. O número de embarcações navegáveis (navios e barcos) que passa diariamente sob a Ponte RIO-NITERÓI é a mesmo número de embarcações que passa sob a Ponte no Japão em Kobe.


   PROTENSÃO é o posicionamento de cabos de aço interiormente ao concreto, sem posteriormente tensionados (esticados) até o limite da sua resistência e simultaneamente proceder-se o chumbamento de tais cabos nas extremidades, resultando assim o concreto originalmente resistente à compressão, agora com a estrutura resultante, simultaneamente resistente à tração, vencendo-se assim longos vãos, cujo Método de Protensão foi inventada por um Francês, embora já tenham sido usados artifícios semelhantes em barcos de madeira para navegação pelos Egípcios e Fenícios, onde cabos de ferro previamente aquecidos embutidos na madeira(vigas) fazendo assim grandes vãos, embarcações de grande envergadura







Características desta Ponte referente a Engia. elétrica

11 sub-estações de energia,

42 trasnformadores,

980 ptos de iluminação pública,

400 ptos de sinalização náutica/aérea/

60 painéis de propaganda, 4 geradores

Enfim Rodovia Inteligente, Estações metereológicas, PMV S, CFTV, 138 semáforos/DAV








Comentários
3 Comentários

3 comentários :

Postar um comentário