InicioVoltar para a Primeira Página Imprima Favoritos Freed Formulário de Contatos Twitter Formulário de Contatos AndroidFormulário de Contatos Facebook Formulário de Contatos Hd Virtual Formulário de Contatos Youtube Formulário de Contatos Word Press Formulário de Contatos Google Plus Formulário de Contatos Desenvolvedores MSDN



Bailarina Girando "TESTE"

 O teste da bailarina…


Dê uma olhada na imagem e veja para que lado a bailarina roda. Segundo alguns estudiosos, se você vê a bailarina girando no sentido horário significa que trabalha mais o lado direito do cérebro. Se, no entanto, você a vê girando no sentido anti-horário, utiliza mais o lado esquerdo.

O hemisfério esquerdo guarda a nossa parte racional, enquanto o direito é responsável pela nossa emoção e imaginação criativa. Através de técnicas variadas podemos estimular o lado direito do cérebro e buscar a integração entre os dois hemisférios, equilibrando o uso de nossas potencialidades. Uma dessas técnicas consiste em fazer determinados desenhos, de forma não convencional, de modo que o hemisfério esquerdo ache a tarefa enfadonha e desista de exercer o controle total, entregando o cargo ao hemisfério direito que se delicia com o exercício.

Se você não conseguir vê-la girando no sentido horário, relaxe, pense numa situação bem agradável e tente ver novamente. Agora, se for o contrário, não consegue vê-la girando no sentido anti-horário concentre-se firmemente como se tivesse um compromisso a cumprir.

Tente vê-la se movendo nas duas direções. Se você conseguir fazer isso, já é uma vitória (não há números para o Brasil, mas estima-se que apenas 14% da população norte-americana consegue vê-la se movendo para os dois lados). E se conseguir fazer isso SEM TIRAR os olhos dela ou piscar (e voluntariamente), seu QI é acima de 160, segundo um teste da Universidade de Yale (que desenvolveu essa figura)."

Está curioso para testar? Lá vai a bailarina…

Para os espertinhos: Sim.. a imagem é um gif… mas não é impressionante????



Fonte :ideiafix
Comentários
1 Comentários

1 comentários :

Postar um comentário